Skip to content

O que é um cartão de pagamento – quem pode ter um ?

Um cartão de pagamento, ou cartão de folha de pagamento, é uma maneira fácil e prática de receber o seu salário.

Cartão de pagamento é uma espécie de cartão de débito recarregável – os empregadores podem entregá-los a seus funcionários e depositar contracheques nos cartões em vez de imprimir cheques ou usar depósito direto.

Eles são bons para funcionários que não possuem contas bancárias ou outros cartões de débito recarregáveis. Mas os cartões desta modalidade não oferecem a variedade de serviços e a capacidade de gerenciar seu dinheiro, como fazem as contas salário em bancos ou outros cartões pré-pagos.

O que é um cartão de pagamento

De acordo com a Wikipédia: “Os cartões de pagamento fazem parte de um sistema de pagamento emitido por instituições financeiras, como um banco, para um cliente que permite que seu proprietário (o titular do cartão) acesse os fundos nas contas bancárias designadas pelo cliente ou por meio de uma conta de crédito e faça pagamentos por meio eletrônico transferência de fundos e acesso a caixas eletrônicos. Existem vários tipos de cartões de pagamento, sendo os mais comuns os cartões de crédito e débito. Geralmente, um cartão de pagamento é vinculado eletronicamente a uma conta ou contas pertencentes ao titular do cartão.”

Outra forma conhecida de cartão de pagamento é o cartão governamental.

Precisa de dinheiro: entenda o que é um empréstimo e como funciona.


O Cartão de Pagamento de salário.

O cartão salário é uma alternativa prática, simples, inovadora e segura para fazer o pagamento de funcionários e colaboradores, substituindo o pagamento em dinheiro ou cheque.

Como esse método de pagamento, o empregador consegue reduzir os custos operacionais da empresa e atende a todos os tipos de funcionários, com ou sem conta bancária.

O funcionário ou colaborador pode utilizar o cartão para receber seu pagamento do salário e realizar saques na rede Banco24Horas, compras em milhões de estabelecimentos em todo o Brasil, e fazer pagamentos de contas e recarga de celular.


Sistema de Cartão de Pagamento – SCP

De acordo do Portal da Transparência: O SCP é um sistema desenvolvido em plataforma web instituído no âmbito dos órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, com o objetivo de detalhar a aplicação de suprimento de fundos, concedido por meio do Cartão de Pagamento do Governo Federal (CPGF). Saiba mais aqui!

O Cartão de Pagamento do Governo Federal (CPGF) é um meio de pagamento utilizado pelo governo que funciona de forma similar ao cartão de crédito que utilizamos em nossas vidas, porém dentro de limites e regras específicas.

O governo utiliza o CPGF para pagamentos de despesas próprias, que possam ser enquadradas como suprimento de fundos. Para acompanhar as despesas com o CPGF no Portal, acesse cartões.


Bom, voltando ao assunto… todo mês tem o dia de pagamento e seu empregador precisa te pagar pelo seu trabalho e usa um cartão de pagamento. O que isso significa? Um cartão de pagamento é uma maneira de receber seu pagamento de salário – mas pode não ser a melhor opção.

Se o seu empregador oferecer a alternativa de receber o seu pagamento com um cartão, é provável que esteja oferecendo um cartão de pagamento. Se você aceitar, receberá seu pagamento como depósito direto no cartão, em vez de receber um cheque físico ou depósito direto em sua conta bancária ao final de cada período mensal.

Você pode usar o cartão para fazer compras ou sacar dinheiro de um caixa eletrônico, semelhante a um cartão de débito.

Os cartões de pagamento podem ser úteis se você não tiver uma conta corrente comum ou conta corrente digital, o que nos dias atuais é praticamente improvável.

Alguns empregadores podem preferir usar cartões de pagamento porque podem economizar tempo e dinheiro, eles não precisam imprimir e distribuir cheques.

O que você precisa saber antes de obter um cartão de pagamento?


Precisa pagar taxas no cartão de pagamento?

Os cartões de pagamento normalmente não têm taxas mensais ou de manutenção, mas podem ser cobrados por outras coisas que podem resultar em despesas para o portador.

Aqui estão alguns exemplos:

  • Taxa de ativação do cartão.
  • Taxa de saque em dinheiro no caixa eletrônico.
  • Taxa de inatividade (se você não usa o cartão há algum tempo).
  • Taxa de compra.
  • Taxa de serviço ao cliente.
  • Taxa de recarga em dinheiro.

— Certifique-se de ler as letras pequenas para descobrir com que taxas o seu cartão de pagamento viria. A instituição financeira que fornece o cartão é obrigada a fornecer divulgações sobre possíveis taxas antes de concordar em se inscrever em um cartão de pagamento.

Depois de ler todas as informações sobre taxas, pense nas taxas como algo que você provavelmente seria atingido.

Por exemplo, se o seu cartão de pagamento não isentar as taxas de saque no caixa eletrônico, mas você precisa regularmente de dinheiro, essas taxas poderão se acumular.

Se você decidir que o cartão de pagamento não é para você, seu empregador deverá fornecer pelo menos uma alternativa, como cheques em papel ou depósito direto ou abrir uma conta salário.

O que você precisa saber antes de obter um cartão de pagamento

Gerenciar seu cartão pagamento.

Se você receber um cartão que praticamente funciona como um cartão pré-pago, é uma boa ideia ficar em dia com o saldo do cartão e com as taxas cobradas.

Verifique para ver quais opções de relatório o cartão de pagamento do seu empregador oferece antes de aceitar um cartão de pagamento – as opções podem variar desde o monitoramento online até a solicitação de impressão dos extratos atuais.

Você também precisa considerar como gosta de gerenciar seu dinheiro e por quanto tempo planeja ficar com seu empregador, especialmente se for um trabalho temporário com prazo definido.

Se você tende a alternar entre os trabalhos ou tem vários empregos, pode acabar com uma pilha de cartões de pagamento diferentes para gerenciar. Ou você pode ter que pagar taxas para transferir dinheiro de um cartão de pagamento para outro – o que pode ser caro e demorado.

Saiba porque: como solicitar um cartão de crédito mais adequado para você.


Posso usar cheque especial em um cartão de pagamento?

Alguns cartões de pagamento do tipo conta salário permitem que você gaste mais dinheiro do que tem em sua conta, o que pode resultar em taxas de cheque especial.

O ideal é sempre verificar as letras miúdas do contrato do limite do cheque especial para saber se ele permite ativar a proteção a descoberto e, em caso afirmativo, quais seriam as taxas.


O que acontece se meu cartão pagamento for perdido ou roubado?

Se seu cartão de pagamento for perdido ou roubado, você deverá notificar a instituição financeira que emitiu o cartão de pagamento imediatamente para que ele possa emitir um cartão de substituição.

Tente relatar a perda ou roubo do cartão dentro do menor prazo possível assim que o evento acontecer, desta forma sua responsabilidade por cobranças fraudulentas fica isenta e você não poderá ser responsabilizado por uso indevido.

Pagar taxas para recuperar um cartão perdido não é nada divertido.

Mas se você perder dinheiro vivo ou uma folha de cheque ao portador, nunca mais verá esse dinheiro. Os cartões de pagamento de salário têm proteções semelhantes a de outras cartões de crédito e cartões pré-pagos.

Saiba mais sobre contas correntes e cartões de débito pré-pagos abaixo .


Os cartões de pagamento afetam seu crédito?

Não. Os cartões de pagamento, como todos os cartões pré-pagos, não afetam sua pontuação de crédito.

— O fator mais importante em sua pontuação é se você faz seus pagamentos dentro do prazo e os pagamentos com cartões de crédito contam para isso. Seu cartão de pagamento dificilmente contribuirá para o seu mix de crédito se for pré-pago, então, o fator “tipos de crédito” não ajudará na pontuação.


O cartão para receber pagamento é adequado para mim?

Ao tentar decidir se um cartão de pagamento é uma boa opção para você, primeiro pense nas possíveis taxas.

Eles são algo com o qual você está disposto a lidar? Nesse caso, considere como você gosta de gerenciar seu dinheiro e com que frequência espera mudar de emprego.

Os cartões para receber salário podem ser desafiadores se você estiver manipulando vários trabalhos ou se mudar de emprego com frequência. Em ambos os casos, se você tivesse um cartão de pagamento com cada empregador, isso poderia deixá-lo com muitos fundos desconectados de dinheiro para gerenciar. Você pode preferir manter seu dinheiro em um único local como uma conta salário em um banco qualquer.

Por outro lado, se você não conseguir abrir uma conta bancária, essa modalidade de recebimento pode ser uma ótima opção para você.


Alternativas de cartão de pagamento.

Os empregadores têm muitas opções pagar a folha de pagamento, incluindo:

  • Envio de cheques físicos.
  • Depósitos diretos por envelope ou boca do caixa.
  • Transferência DOC ou TED em uma conta corrente.
  • Pagamento em conta salário.
  • Pagamento com dinheiro vivo ou;
  • Uso de cartões de pagamento.

Se seu patrão está sugerindo pagar seu salário desta forma, observe se essa é a sua única opção disponível. Os empregadores devem oferecer a você pelo menos uma alternativa para receber seu salário. Os cartões de pagamento podem parecer uma solução simples, mas não são ideais para todos.

Se você optar por uma alternativa ao pagamento de cartões, dê uma olhada nas opções abaixo para gerenciar o dinheiro diariamente.

  • Contas correntes: as contas bancárias tradicionais tendem a oferecer melhores proteções, como o seguro FDIC, e geralmente vêm com um cartão de débito. Para começar, leia nosso guia sobre como abrir uma conta bancária. Depois de configurado, você pode pedir ao seu empregador para depositar seus contracheques diretamente na sua conta bancária, ou você mesmo pode depositar cheques em papel.
  • Cartões de débito pré-pagos: os cartões de débito pré-pagos também são cartões de débito recarregáveis, mas não exigem que um empregador os configure – você é o proprietário do seu cartão de débito. Com um cartão de débito pré-pago, você pode configurar o depósito direto, fazer compras e sacar dinheiro dos caixas eletrônicos. Eles têm proteções contra fraudes semelhantes às oferecidas pelos cartões de pagamento.

Se você não tem uma conta corrente ou não pode abrir uma, este tipo de cartão pode ser uma boa opção.

Mas, como em qualquer decisão financeira, faça as contas para ver qual opção de folha de pagamento é mais adequada para você – recebendo seu cheque através de cheque tradicional, depósito direto em uma conta corrente ou depósito direto em um cartão.

Ao considerar suas opções, compare as taxas e a facilidade de uso para ver o que é melhor para você.

Mais artigos interessantes..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *