Skip to content

10 lugares para não usar cartão de débito

Às vezes, as diferenças entre não usar cartão de débito e crédito fazem deles uma escolha errada. Eles podem se parecer com cartões de crédito, mas os cartões de débito têm proteções e usos diferentes.

Em geral, essa modalidade não é a melhor escolha. Talvez você ao abrir sua carteira tem um leque de cartões de múltipla escolha: mas como você realmente deseja pagar?

Quando não usar cartão débito ou crédito.

lugares para não usar cartão de débito

Embora os cartões de crédito e débito possam parecer quase idênticos, nem todo cartão de plástico serve para o mesmo objetivo.

É importante que os consumidores entendam a diferença entre um cartão de débito e um  cartão de crédito.

Há uma diferença na forma como as transações são processadas e as proteções oferecidas aos consumidores quando elas as utilizam.

Com cartões de débito e cartões de crédito, cada método de pagamento tem vantagens e também é mais adequado para determinadas situações.

Aqui estão 10 lugares e situações em que ele pode pagar para deixar esse cartão de débito em sua carteira:


1. Compras online crédito ou débito.

Você não usa cartão de débito para fazer compras em lojas online“.

Como o cartão de débito está vinculado diretamente a uma conta bancária corrente (conta física ou conta digital). Você fica potencialmente vulnerável se tiver problemas com uma compra online ou se o número do cartão for roubado.

Pelo mesmo motivo de segurança, é bom não usar seu cartão de débito para pedidos feitos por telefone.

Além do código do consumidor que protege o comprador, a maioria dos bancos tem políticas voluntárias adicionais que definem a responsabilidade de seus próprios clientes com cartões de débito, mesmo assim, ainda não totalmente favorável usar débito para compras online.

Portanto, as proteções não aliviam os consumidores de problemas, olhando para a perspectiva de tentar recuperar o dinheiro transferido para uma conta bancária e os problemas que um saldo acima do limite esperado, pode causar taxas adicionais e cheques ou pagamentos recusados.

Compradores online preferem primeiro usar seus cartões de crédito.


2. Comprar itens e produtos mais caros.

Comprar um item caro, é claro que pagar com cartão de crédito é muito mais inteligente.

Por quê?

Um cartão de crédito tem um prazo mais longo para pagar a fatura e ainda oferece direitos de disputa se algo der errado com a mercadoria ou a conclusão da compra. “Com um cartão de débito você paga a vista e, tem menos proteções“.

Além disso, alguns benefícios do cartão de crédito incluem, benefícios, recompensas e garantias estendidas.

E, em algumas situações, como alugar um carro, alguns cartões de crédito também oferecem seguro adicional em caso de roubo, furto ou acidente.


3. Depósito de segurança obrigatório.

Quando alugamos alguns tipos de equipamentos em uma grande loja, ou alugar um carro, em geral é necessário um depósito de garantia considerável. “É aqui que você deseja usar um cartão de crédito em vez de um cartão de débito”.

Com um cartão de crédito, a loja tem acesso ao depósito de segurança e você ainda tem acesso a todo o limite do cartão. Com alguma sorte, você nunca terá que usar esse depósito.


4. Bares e restaurantes.

Na próxima vez em que for jantar fora, pare e pense no que poderia acontecer se você entregar o cartão de débito quando a conta chegar.

Ofertas de cartões para você: todos os benefícios do cartão Mastercard.

Sabia que durante os poucos minutos em que você deixa seu cartão de débito fora da sua vista, ele pode ser facilmente executado através de um leitor portátil ilegal.

Então o cartão é devolvido para você e você só saberá que suas informações foram comprometidas quando as cobranças indevidas começarem aparecer no extrato.

Obviamente, esse cenário de fraude também é possível com um cartão de crédito.

A diferença é que os cartões de débito oferecem muito menos proteção contra transações não autorizadas do que os cartões de crédito, principalmente porque o dinheiro está sendo retirado diretamente da sua conta bancária.

Felizmente, alguns restaurantes no Brasil estão seguindo os mesmos métodos de países desenvolvidos que adotam o sistemas de pagamento nas mesas, a equipe de garçons leva o leitor de cartão do restaurante até a pessoa pagante.

Até que essa tecnologia chegue ao seu restaurante favorito, pague com cartão de crédito em vez de com cartão de débito.

Você não está eliminando o risco, mas está usando um método de pagamento que facilita muito a ação corretiva contra cobranças não autorizadas.

onde não usar catão de crédito ou dédito

5. Comprando em uma loja nova.

Se você está comprando pela primeiro vez em uma loja (online ou em lojas físicas), esqueça o cartão de débito para fazer o pagamento das compras.

Dessa forma, você terá uma ideia de como o negócio é administrado e como é a qualidade da mercadoria antes de entregar um cartão vinculado diretamente à sua conta corrente.


6. Compre e pague agora, receba a entrega depois.

Comprando e pagando agora, mas tendo alguns dias de entrega ou até semanas a partir do pagamento, pode ser um problema, com um cartão de crédito é fácil entrar em uma disputa, diferente de um cartão de débito que normalmente não oferece está possibilidade.

Esteja ciente de que alguns cartões de crédito limitarão a proteção a um período específico. Portanto, resolva os problemas o mais rápido possível com a loja ou fornecedor.

Precisa de um cartão: faça sua proposta do cartão Santander agora mesmo!


7. Pagamentos recorrentes.

Todos nós já ouvimos falar de empresas, serviços e até academias que não para de faturar o cartão de crédito de um ex-comprador ou ex-membro.

Agora imagine essas cobranças sendo cobradas diretamente no seu cartão de débito tendo o dinheiro saindo diretamente da sua conta bancária.

Esse é uma dos motivos para não usar o cartão de débito para pagar cobranças recorrentes.

Além disso, suas próprias habilidades de memória e matemática podem falhar. Comprou um produto por apenas um mês, mas esqueceu que colocou o pagamento automático da fatura, e não cancelou, com isso você poderá enfrentar taxas e/ou constrangimentos.

Portanto, se você não mantiver um saldo constante na sua conta ou limite de crédito no cheque especial, convém usar um cartão de crédito para pagamentos recorrentes.


8. Reservas de viagem ou passagens.

Ao reservar passagem ou hospedagem em sua viagem paga com um cartão de débito eles debitaram os valores imediatamente na conclusão da compra.

Portanto, se você estiver comprando um pacote de viagem que não usará por seis meses ou fazendo uma reserva de hotel ou hospedagem daqui a algumas semanas, estará dispondo do seu dinheiro imediatamente.

A reserva com cartão de crédito permite que você pague o saldo ao longo do tempo (parcelado) se necessário, especialmente se for uma viagem cara.


9. Hotéis e hospedagem.

Alguns hotéis colocam retenções no seu cartão para cobrir custos ou despesas inesperados que não aparecem imediatamente na sua fatura detalhada.

Às vezes, há cobranças ou depósitos extras na ordem de centenas de dólares para garantir que você não esvazie o minibar ou deixe de pagar alguma conta.

Uma retenção de valores é quase imperceptível se você estiver usando cartão de crédito, mas pode ser problemática se você estiver usando um cartão de débito e tiver apenas o valor suficiente na conta para cobrir a retenção.

Pode ser um boa ideia perguntar sobre o valor dos depósitos de segurança e retenção antes de você apresentar seu cartão.

Perdeu boleto ou fatura: emissão da 2 via de boleto Santander.


10. Caixas eletrônicos e postos de gasolina.

Possíveis retenções do seu dinheiro em conta não são o único motivo para fazer uma pausa antes de usar seu cartão de débito.

Os bancos 24 horas, caixas eletrônicos e postos de gasolina são os lugares preferidos de criminosos, e eles estão melhorando cada vez mais a forma de disfarçar os skimmers e dificultando sua detecção em locais como bombas de autoatendimento em postos de gasolina.

Por incrível que pareça, os dispositivos estão sendo encontrados também em pequenos comerciantes, em grandes comerciantes, urbanos, rurais, novas e velhas lojas de conveniência, parece que nenhum lugar esta isento.

Por enquanto, dê uma boa olhada na máquina ou no leitor de cartões na próxima vez em que usar um caixa eletrônico ou uma máquina auto-checkout.

Ao inserir o cartão na máquina ele não se encaixa bem ou algo parece diferente, ou não parece adequado – suspeite!